Olá, eu sou Raphael Branco

🏳️‍🌈🏳️‍⚧️ Boas vindas, 🏳️‍🌈🏳️‍⚧️
A minha proposta é te ajudar a se relacionar melhor consigo e ter mais qualidade de vida.

Sobre mim

Meu nome é Raphael Branco, sou um homem cis-gay, com deficiência visual e nasci em 1999.
Conheci a psicanálise em 2014, em uma aula de filosofia do meu ensino médio.
Me lembro até hoje do encanto que aquele pouco de texto sobre a teoria Freudiana me causou e como aquela aula fomentou em mim uma curiosidade e um desejo, até então latente.
Dei o primeiro passo em 2018 na faculdade de psicologia, ainda tímido e com uma gana feroz por essa tal psicanálise.
A psicanálise na faculdade era diferente do campo do conhecimento que eu estudava através de Freud. A Psicologia nada tinha a ver com a psicanálise, mas sim, a reduzia em uma abordagem teórica psicológica.
Me dei conta de que a psicanálise na faculdade não iria me levar além e, muito menos, contribuir com a minha formação de analista.
Nessa encruzilhada de destinos diferentes, compreendi que a faculdade não era um determinante ou autorizador para a prática psicanalítica e que registro profissional ou graduação alguma me faria ser um bom analista.
Foi avançando na teoria e alimentando meu desejo de trabalhar com psicanálise que fui trilhando meu caminho de forma independente - apesar de tanto aprender com livros, professores e pessoas que passaram e passam pela minha formação.
Em novembro de 2022, através de uma elaboração longa, dei o primeiro passo, necessário, para começar a atender e convidar interessados, principalmente a comunidade LGBTI+, a poderem se transformar através do tratamento analítico com muito respeito, comprometimento, dedicação, afinco - como sempre conduzi minha formação - e acolhimento.

O que é Psicanálise?

A Psicanálise é um campo do saber que dialoga com várias disciplinas das ciências, como antropologia, linguística, psicologia, sociologia, filosofia, lógica, entre outros.
Fundada por Freud, a psicanálise vem como, também, um método terapêutico que tem como objetivo convidar o analisando a pôr em palavras e atos, dentro do setting analítico, o sofrimento e mal-estar ao qual se sujeita e se queixa.
Criada no século XIX, a psicanálise continua relevante, tanto na produção teórica quanto na prática clínica, proporcionando um ambiente seguro e acolhedor, livre de julgamentos, para que possamos rever nossa própria história e narrativa, proporcionando uma recriação da forma com que vivemos e vemos o mundo, e possibilitando a expressão das diversas formas de estar no mundo.
Estar em análise podemos dizer que é um trabalho subjetivo e de escuta daquilo que não vai bem em nossas vidas, seja a tristeza, inibição, a angústia, o vazio, a ansiedade, depressão, luto, e assim por diante.
A clínica psicanalítica permite com que o passado, presente e futuro possam ter uma maior integração, ao abrir espaço para a restauração do que já foi vivido mas ficou danificado, e para a construção inesgotável dos elementos que formam um ser humano mais pleno.

Conheça meu trabalho via Instagram

Divulgando a Psicanálise de maneira descomplicada para quem busca terapia.

"Não somos apenas o que pensamos ser. Somos mais: somos também o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos, os impulsos a que cedemos 'sem querer'".

- Sigmund Freud
― Ka (2023)

Muito bom!

Não tinha certeza se ia me dar bem com meu primeiro terapeuta pois muitos amigos falaram que é normal vc não se dar bem de primeira, mas sinto que evolui muito e continuo evoluindo nesse processo, mesmo tendo poucos meses. Me sinto bem em me abrir com assuntos que não havia aberto antes, é um ambiente seguro e confortável para isso, além de que é possível descobrir muito de mim mesma nessa processo e estou muito contente com tudo isso.

Excelente profissional.

No início, o achei muito calado nas 2 primeiras sessões, e imaginei que por ficar tão calado ele não estivesse prestando atenção no que eu falava, entretanto, eu estava enganada. Ele é atento a tudo que falo e me propôs questionamentos ao final de algumas das sessões muito interessantes e importantes pra mim, é um profissional sério e que tenho me sentido muito segura para compartilhar os sentimentos que considero mais obscuros na minha personalidade, sem medo de ser julgada.

― Xandra (2023)

Avaliações

― Elias (2024)

Tem sido uma revolução e não estou exagerando.

Estou me reencontrando, me libertando das consequências dos abusos que sofri. Tive problemas com psicólogos e sabia que a terapia com eles não funcionaria. Bom, eu estava com razão. A análise tem resgatado a criança abandonada e violentada que fui. Agora eu amo aquele menino com trejeitos afeminados que adorava sonhar, desenhar e dançar. Ele é lindo. (lágrimas escorrem, rs)

― tais (2024)

Esta viagem em mim mesma tem me proporcionado alívio. Muito alívio! Há outras sensações e sentimentos envolvidos neste processo, mas a sensação principal é de “fazer as pazes” com a minha história. Dito isso, tem me auxiliado a viver. Sentir com mais leveza, mesmo com as adversidades.
Autoaceitação.